Esportes

Guarani coloca cinco mil ingressos à venda para jogo contra o Red Bull em Paulínia neste sábado

Guarani coloca cinco mil ingressos à venda para jogo contra o Red Bull em Paulínia neste sábado

Bugre quer contar com apoio dos torcedores para entrar na briga pelo acesso

O Guarani quer contar com a força de sua torcida para conquistar a vaga no G4 da Série A2 do Campeonato Paulista. Para isto, a diretoria do Bugre colocou cinco mil ingressos para o duelo direto contra o Red Bull, neste sábado (15), às 16 horas, no Estádio Luiz Peresinotto, em Paulínia pela 13ª rodada.

As vendas começam ainda nesta quarta-feira, na secretaria do Estádio Brinco de Ouro. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). No dia do confronto, as entradas também serão negociadas no local da partida, a partir das 9 horas, se ainda restarem bilhetes.

Paulínia será a terceira casa do Guarani nesta temporada. O Bugre disputou partidas da Série A2 em Indaiatuba e Bragança Paulista, locais mais distantes de Campinas. Desta forma, existe a expectativa de casa cheia para o duelo.

Desfalques

Tentando driblar os desfalques e esperando por uma posição do departamento médico em razão da recuperação de alguns atletas, o técnico Márcio Fernandes trabalha para encontrar a melhor formação para o jogo de sábado (15) contra o Red Bull Brasil, às 16h, no Estádio Luís Perissinotto, em Paulínia. Na manhã de quarta-feira (12), o time treinou no campo do Morumbi, na cidade. Nos trabalhos, o treinador fez alguns testes para suprir as ausências para o próximo compromisso.

Os desfalques certos são o zagueiro Gustavo Bastos, o volante Eduardo Eré e o meia-atacante Roninho, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Jorge Luiz é dúvida e ficará em tratamento intensivo para se recuperar de uma pequena lesão na coxa esquerda. Outro jogador com a situação indefinida é o atacante Fabinho, que se recupera de lesão. A boa notícia foi a liberação do lateral-direito Jefferson Feijão, recuperado de contusão e que voltou aos treinos nesta quarta-feira.

Sem compromisso no meio de semana, o Bugre voltou a treinar na manhã de quinta-feira (13), no mesmo local. “O bom de ter a semana toda é que o treinador pode testar um ou outro jogador. É importante também para ver a força do grupo. Não são só 11 jogadores aqui. Ele está testando, é normal no futebol”, destacou o volante Diego Souza. “Todo mundo está bem, trabalhando forte e dando o melhor aqui. Cabe ao treinador escolher. Vai depender dele para escalar o time para sábado”, afirmou Wellyson, que pode ocupar a vaga do zagueiro Gustavo Bastos.

Pontos importantes

Tentando esquecer as dificuldades do gramado, o elenco do Guarani foca somente no adversário para conquistar três pontos muito importantes para o objetivo do acesso. Como o Red Bull é o atual quarto colocado, com 23 pontos, três a mais que o Guarani, uma vitória do Bugre pode colocar o time de volta no G4. Para isso, o Guarani ainda precisa torcer por um tropeço do Mirassol contra o Monte Azul.

“Vamos superar o gramado e estamos já treinando para se adaptar com o Estádio. Acho que todo o elenco está ciente da importância deste jogo e nossa intenção é vencer para chegar no G4 e conquistar na briga pelo nosso principal objetivo, que é o acesso”, disse o meia Fumagalli.

A ideia do técnico Márcio Fernandes e dosjogadoresétreinarno Estádio de Paulínia para não ter problemas na partida. Mais acostumado com o gramado, o time espera surpreender o Red Bull.

Há sete jogos sem perder, o Guarani vem de um empate por 0 a 0 com o São Bento. Para o jogo deste sábado, o técnico Márcio Fernandes não poderá contar com o zagueiro Gustavo Bastos, com o volante Eduardo Eré e com o atacante Roninho, suspensos com o terceiro cartão amarelo.

Red Bull sonha com acesso

 

O time de Campinas está há três vitórias

de chegar na elite do futebol paulista

Últimoclubepaulista, incluindo as três principais divisões, a perder a invencibilidade na temporada de 2014, o Red Bull, adversário do Guarani no sábado, vem chamando a atenção de todos ostorcedoresno Campeonato Paulista da Série A2. Com a derrota para o Capivariano por 2 a 0, o Toro Loko caiu para a quarta posição, com 23 pontos.

Ainda que esteja há três jogos sem vencer, o time de Campinas continua como um dos favoritos ao acesso e segundo os matemáticos, precisa de três vitórias nos próximos sete jogos para garantir a vaga na elite.

O capitão do Red Bull, Fabiano Eller, comentou a atual situação do time e demonstrou tranquilidade com a campanha do time até aqui.

"Ninguém falou que seria fácil e não adianta lamentarmos o resultado, temos sim que trabalhar bastante e corrigir alguns erros que cometemos. Mas nada está perdido, foi apenas uma derrota", declarou o capitão Fabiano Eller.

Guarani coloca cinco mil ingressos à venda para jogo contra o Red Bull em Paulínia neste sábado

Bugre quer contar com apoio dos torcedores para entrar na briga pelo acesso

O Guarani quer contar com a força de sua torcida para conquistar a vaga no G4 da Série A2 do Campeonato Paulista. Para isto, a diretoria do Bugre colocou cinco mil ingressos para o duelo direto contra o Red Bull, neste sábado (15), às 16 horas, no Estádio Luiz Peresinotto, em Paulínia pela 13ª rodada.

As vendas começam ainda nesta quarta-feira, na secretaria do Estádio Brinco de Ouro. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). No dia do confronto, as entradas também serão negociadas no local da partida, a partir das 9 horas, se ainda restarem bilhetes.

Paulínia será a terceira casa do Guarani nesta temporada. O Bugre disputou partidas da Série A2 em Indaiatuba e Bragança Paulista, locais mais distantes de Campinas. Desta forma, existe a expectativa de casa cheia para o duelo.

Desfalques

Tentando driblar os desfalques e esperando por uma posição do departamento médico em razão da recuperação de alguns atletas, o técnico Márcio Fernandes trabalha para encontrar a melhor formação para o jogo de sábado (15) contra o Red Bull Brasil, às 16h, no Estádio Luís Perissinotto, em Paulínia. Na manhã de quarta-feira (12), o time treinou no campo do Morumbi, na cidade. Nos trabalhos, o treinador fez alguns testes para suprir as ausências para o próximo compromisso.

Os desfalques certos são o zagueiro Gustavo Bastos, o volante Eduardo Eré e o meia-atacante Roninho, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Jorge Luiz é dúvida e ficará em tratamento intensivo para se recuperar de uma pequena lesão na coxa esquerda. Outro jogador com a situação indefinida é o atacante Fabinho, que se recupera de lesão. A boa notícia foi a liberação do lateral-direito Jefferson Feijão, recuperado de contusão e que voltou aos treinos nesta quarta-feira.

Sem compromisso no meio de semana, o Bugre voltou a treinar na manhã de quinta-feira (13), no mesmo local. “O bom de ter a semana toda é que o treinador pode testar um ou outro jogador. É importante também para ver a força do grupo. Não são só 11 jogadores aqui. Ele está testando, é normal no futebol”, destacou o volante Diego Souza. “Todo mundo está bem, trabalhando forte e dando o melhor aqui. Cabe ao treinador escolher. Vai depender dele para escalar o time para sábado”, afirmou Wellyson, que pode ocupar a vaga do zagueiro Gustavo Bastos.

Pontos importantes

Tentando esquecer as dificuldades do gramado, o elenco do Guarani foca somente no adversário para conquistar três pontos muito importantes para o objetivo do acesso. Como o Red Bull é o atual quarto colocado, com 23 pontos, três a mais que o Guarani, uma vitória do Bugre pode colocar o time de volta no G4. Para isso, o Guarani ainda precisa torcer por um tropeço do Mirassol contra o Monte Azul.

“Vamos superar o gramado e estamos já treinando para se adaptar com o Estádio. Acho que todo o elenco está ciente da importância deste jogo e nossa intenção é vencer para chegar no G4 e conquistar na briga pelo nosso principal objetivo, que é o acesso”, disse o meia Fumagalli.

A ideia do técnico Márcio Fernandes e dosjogadoresétreinarno Estádio de Paulínia para não ter problemas na partida. Mais acostumado com o gramado, o time espera surpreender o Red Bull.

Há sete jogos sem perder, o Guarani vem de um empate por 0 a 0 com o São Bento. Para o jogo deste sábado, o técnico Márcio Fernandes não poderá contar com o zagueiro Gustavo Bastos, com o volante Eduardo Eré e com o atacante Roninho, suspensos com o terceiro cartão amarelo.

Red Bull sonha com acesso

 

O time de Campinas está há três vitórias

de chegar na elite do futebol paulista

Últimoclubepaulista, incluindo as três principais divisões, a perder a invencibilidade na temporada de 2014, o Red Bull, adversário do Guarani no sábado, vem chamando a atenção de todos ostorcedoresno Campeonato Paulista da Série A2. Com a derrota para o Capivariano por 2 a 0, o Toro Loko caiu para a quarta posição, com 23 pontos.

Ainda que esteja há três jogos sem vencer, o time de Campinas continua como um dos favoritos ao acesso e segundo os matemáticos, precisa de três vitórias nos próximos sete jogos para garantir a vaga na elite.

O capitão do Red Bull, Fabiano Eller, comentou a atual situação do time e demonstrou tranquilidade com a campanha do time até aqui.

"Ninguém falou que seria fácil e não adianta lamentarmos o resultado, temos sim que trabalhar bastante e corrigir alguns erros que cometemos. Mas nada está perdido, foi apenas uma derrota", declarou o capitão Fabiano Eller.

Variedades

Oportunidades